Forma e conteúdo: que há por trás dos Doodles do Google?

“Doodles are the fun, surprising, and sometimes spontaneous changes that are made to the Google logo to celebrate holidays, anniversaries, and the lives of famous artists, pioneers, and scientists.”. Assim está descrito na página About Doodle, do Google.

Esse jeito de brincar com a marca constante e espontaneamente reflete as novas demandas por formas e conteúdos na internet e seus negócios.

O termo ´branding´ é usado para designar o conjunto de ideias e conceitos para orientar a construção e gestão de marcas. Administradores e marqueteiros trabalham para isto: construir e manter marcas ao longo do tempo.

A marca é um conjunto de símbolos, mensagens, atitudes, experiências e atmosferas que caracterizam, diferenciam e posicionam um determinado produto, serviço ou indivíduos no contexto das relações de mercado. Portanto, são estes são os conteúdos da marca ou ainda, uma marca é os seus conteúdos!

Na construção do discurso aristotélico deve haver coesão e coerência.

A coerência diz respeito aos aspectos cognitivos da mensagem: o sentido do texto, as entrelinhas, os valores e ideias nos quais se fundamenta o discurso. A coerência deve ser buscada por meio da avaliação crítica dos conteúdos apresentados, comparando as ideias presentes, fazendo perguntas a respeito delas, enfim, checando sua concordância e harmonia. É claro que um determinado conteúdo poderá apresentar contradições e paradoxos como forma argumentativa, mas mesmo este jogo de figuras de linguagem deve ser avaliado para ressoar com a coerência proposta pelo autor.

A coesão trata da forma. É o que é retido pelos olhos, ouvidos, mãos…a forma é aquilo que é retido pelos nosso sentidos.

Na construção de marcas a coesão aparece no logotipo, nos textos e imagens publicados pela marca, nos sons que ela emite e publica, na forma de navegação de seu web site, nos garotos propaganda que ela contrata, nos eventos que patrocina. Marcas fortes mantém certas características nas formas que utiliza ao longo do tempo como uma maneira de manter e fortalecer sua identidade visual, formal e por consequente os conteúdos que ela representa.

Forma e conteúdo devem andar juntos.

Como então podemos explicar a estratégia vencedora do Google, brincando espontaneamente com seu logotipo – o principal (e único!) conteúdo e forma da sua página? Há na estratégia do Google um ´desrespeito´ a ideia da coesão da marca? Qual o conteúdo por trás dos Doodles, ou seja, qual é a mensagem que a marca nos leva ao levar a cabo esta estratégia?

http://www.google.com/doodles/finder/2013/All%20doodles

Sobre SeiZo

Administrador, comunicador, educador, artista visual e escritor SeiZo Soares 43, Administrador de empresas (FGV-SP), especialista em gestão educacional, mestre em Educação (PUC-Campinas), docente no ensino superior nas áreas de marketing, comunicação e educação. Escritor especializado em roteirização audiovisual para organizações, ghost writing e presença online. Artista com obras publicadas em música, literatura, fotografia e escultura – esta última com exposições internacionais realizadas, e marca própria no segmento de design e arte joalheria contemporânea (Joya Barcelona 2013 e 2014; Beijing International Art Jewelry Exhibition 2013).
Esta entrada foi publicada em Gestão e criação de conteúdo, Problemas e questões de pesquisa com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s